4 C’s do Diamante

4 C’s do Diamante

Os diamantes são apreciados pelo seu brilho, elegância e pureza, e têm cativado a nossa imaginação desde os tempos mais antigos. Saiba mais sobre as qualidades que contribuem para a beleza dos diamantes para que possa fazer a escolha certa de um diamante na sua total qualidade.

Os diamantes são classificados por quatro características, designadas por 4 C’s:

  1. Corte (lapidação do diamante)
  2. Carat (peso do diamante, quilate)
  3. Claridade (pureza do diamante)
  4. Cor do diamante

Em geral essas características vão determinar o valor de um diamante. O brilho de um diamante depende principalmente da sua lapidação.

1. Corte  – Lapidação do diamante

Corte talhe lapidação diamante

2. Carat – Quilate do diamante

carat - Quilate - diamante

3. Claridade – Pureza do diamante

Pureza do diamante

  • FL, IF Internally Flawless -Internamente puro (e externamente, também) É a classificação mais alta dada a uma pedra.
  • VVS1-2 – Very Very Slightly Included (Inclusões muito, muito leves)
  • VSI1 – Very Slightly Included (Inclusões muito leves)
  • SI1-2 Slightly Included (Inclusões leves)
  • I1 – Uma inclusão I1 pode ser vista a olho nu, mas ainda é agradável aos olhos. A inclusão não é grande o suficiente para tirar o brilho da pedra.
  • I2 – Uma inclusão I2 pode abranger uma porção substancial da pedra podendo ser facilmente vista a olho nu.
  • I3 – Uma inclusão I3 está muito próxima de ser considerada uma pedra de “rejeição” isso significa que uma porção tão grande da pedra tem defeito que ela perde todo seu brilho ficando apagada, perdendo toda “vida”.
  • Qualquer pedra abaixo de I3 seria considerada para uso industrial do diamante.

4. Cor do diamante

Cor do diamante

4 C’s do Diamante

Outros artigos relacionados – Tipos de talhe Anatomia do diamanteListagem de gemas Diamante, Corte

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *