A Nova joalharia, em que difere da bijuteria

Actualmente o conceito de joalharia ultrapassa todos os limites da nossa imaginação. A Nova joalharia é um casamento de técnicas e conceitos muito vasto que procura ao máximo alimentar e ser o mais fiel possível uma forma de expressão puramente artística.

Na nova Joalharia, até simples técnicas que jamais pensaríamos conciliar com a Joalharia, são válidas para criar um objecto que vive e brilha pela sua essência expressiva e artística. O Valor da joalharia é agora, e nesta visão, muito mais do que simplesmente metais nobres ou pedras preciosas. O brilho das cores, a expressão sensorial, e a beleza tocam os corações e alimentam uma necessidade que há actualmente, quase impossível de contornar, de usar coisas novas e diferentes que personalizam o seu utilizador.

A utilização dos mais diversos materiais, como cerâmica, pastas de papel, acrílicos, têxteis, vidro, madeira, Plásticos e borrachas, resinas e tantos outros materiais por vezes na imaginação da maioria das pessoas se tornam dificeis de imaginar como parte integrante da joalharia. Na nova joalharia, estes materiais por vezes, considerados, insólitos adoptam uma nova identidade, quando em conjunto, num processo técnico e criativo, são submetidos a um âmbito construção artística muito específica.

Qual a diferença entre a Nova Joalharia e a Bijuteria

A Nova joalharia   pode ser entendida como uma prática de realização de jóias com base num design inovador e único mas suportado por um fabrico manufacturado. Muitas vezes, a Nova Joalharia, pode ter uma ténue fronteira com a bijuteria e até ser confundida com objectos de artesanato para quem não tem o conhecimento sobre a diferença entre a Nova joalharia e a bijuteria. Este processo de fabrico de jóias é também considerado como uma forma de expressão artística, em que as criações, pela sua unicidade estética e técnica, adquirem um estatuto inigualável e uma referência clara para este meio artístico. Juntamente com os metais nobres são utilizados materiais inovadores alternativos que conferem aos objectos de adorno um conceito muito contemporâneo.

A bijuteria, normalmente tem um conceito diferente da Nova Joalharia, normalmente quem faz joalharia tem o conhecimento geral de todas as técnicas e em cada peça artística aplica as mais diversas técnicas e normalmente preocupa-se muito com a qualidade, requinte, bons acabamentos e qualidade de materiais. As peças da Nova joalharia são concebidas do início ao fim, pelo artista, enquanto que a bijuteria funciona com uma junção de elementos pré-feitos que limitam a criatividade às peças encontradas nas lojas de materiais de bijuteria. Normalmente, a bijuteria, tem preços baixos e competitivos, enquanto que a Nova Joalharia apresenta peças complexas e trabalhosas, com um elevado valor artístico.

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *