Preparação do metal para gravura a ácido

Para se iniciar o processo de gravura a ácido passo a passo, é necessário alguns procedimentos de preparação do metal. Também é importante saber quais as formulas químicas da gravação a ácido, necessárias para o tipo de metal que queremos fazer a gravura a ácido.

Preparação do Metal para a Gravura a ácido

Uma fase muito importante para a preparação do metal para a gravura a ácido é a limpeza do metal, que deve ser:

  • Recozido
  • Ir ao branqueamento
  • e ser passado por água corrente.
  • Na preparação do metal para gravura a ácido, depois de recozer e branquear a peça de metal, deve-se passar por água corrente e esfregar bem com uma escova de latão, ou uma lixa de água de gramagem 1200 ou 1500 (o mais fino que se tiver). De forma a que a peça fique completamente limpa e desengordurada. Importante certificar se as extremidades e cantos do metal estão também completamente limpos e desengordurados.
  • Secar a peça de metal bem seca
Agora, qualquer desenho ou imagem que se passe para o metal poderá ser claramente visivel e a tinta ou verniz resistente ao ácido aderir de forma consistente.

Passar desenho para o metal para fazer a gravura a ácido

Existem diversos métodos para passar desenhos para o metal, na imagem apresenta como transferir desenho em fotocópia em acetato para metal.

Transferir imagem para metal

Outros métodos de transferência de imagem para metal

  • Pode-se fazer o desenho que se pretende com um riscador de aço diretamente no metal (passar uma tinta resistente ao àcido ou um verniz e traçar o desenho).
  • Passar a ferro uma fotocopia em acetato (preto e branco) sobre o metal, o desenho transfere para o metal.
  • Passar com acetona sobre o verso de uma fotocopia normal a preto e branco sobre o metal e o desenho transfere para o metal.
  • Também a cera de abelha pode ser um bom protetor de corrosão, cobrir as superfícies que não se querem gravadas a ácido com cera de abelha.
Depois da preparação de limpeza do metal para gravura a ácido, se escolhermos por aplicar uma tinta ou verniz resistente ao ácido, d
eve ser aplicada em ambas as superfícies, caso queiramos fazer um desenho com uma ponta de aço, deve-se deixar secar bem a tinta ou verniz resistente ao ácido.

Diferentes soluções para gravação a ácido em diferentes tipos de metal:

Ouro – 40 partes de água para 4 partes de água régia (1 parte de ácido nítrico para 3 partes de acido clorídrico) num recipiente de vidro.
Prata, Cobre e latão – 3 ou 4 partes de água para 1 parte de ácido nítrico, num recipiente de vidro.
Esmalte – 10 partes de água para 1 ou 2 partes de ácido clorídrico, num recipiente de plástico.

 Gravação do metal no Ácido

Depois da reparação do metal para a gravura a ácido e de reparar as formulas  Químicas adequadas para o tipo de metal que vai trabalhar, está tudo pronto para iniciar o processo de gravação no ácido.

  1. Imergir a peça no mordente e deixar ficar durante o tempo necessário para corroer a profundidade desejada.
  2. Quando a profundidade de gravação desejada for atingida, retirar o metal do ácido e passar por água corrente.
  3. Retirar a camada de tinta resistente ao ácido com um diluente adequado, de acordo com a tinta ou verniz utilizado.

E está pronta a chapa de gravação de metal a ácido, para mais informação sobre estes procedimentos, ver também os artigos:

 

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *