Diamante, anatomia

Diamante, anatomia

Os tipos de talhe (lapidação)e uma gema é fundamental para tirar o total partido da pedra preciosa no seu todo.

Quando falamos a respeito da lapidação (talhe), faz-se referência a muito mais do que a simples forma da pedra preciosa no seu corte, fala-se, essencialmente em características como:

  • Ângulos exatos
  • Proporções
  • Simetria
  • Polimento que também afecta a maneira como um diamante joga com a luz.

Os diamantes são classificados por quatro características, designadas por 4 C’s:

  • Corte (lapidação)
  • Carat (peso)
  • Claridade (pureza)
  • Cor

Em geral essas características vão determinar o valor de um diamante. O brilho de um diamante depende principalmente da sua lapidação.

Anatomia do diamante

Diâmetro – A largura do diamante, medida através da cintura.
Mesa – O maior faceta de uma gema.
Coroa – A parte superior de um diamante que se estende desde a cintura até a mesa.
Cintura – A interseção da coroa e pavilhão que define o perímetro do diamante
Ponta (culaça, Pinhão) – A faceta na ponta de uma gema (pedra preciosa).
Profundidade – A altura de uma pedra preciosa, medida a partir da ponta, (culaça, pinhão) para a mesa.

Diamante, anatomia

Outros artigos relacionados – Tipos de talhe Listagem de gemas Diamante, Corte4 C’s do Diamante

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *