Fundição por cera perdida ou microfusão

A fundição por cera perdida (micro-fusão)é uma técnica utilizada para fabricar objectos, em que o metal ou liga metálica são sujeitos a altas temperaturas, e quando se encontram em estado liquido, o metal é vazado para um molde que representa o objecto que se pretende reproduzir. A fundição por cera perdida (micro-fusão)para a reprodução de um objecto especifico, resulta num objecto que terá as mesmas dimensões e formato do objecto que se pretende reprduzir.

Também é frequente, após a fundição, a peça ser submetida a um processo de usinagem para que seja possível proceder a peça a ajustes dimensionais ou mesmo ser conformada mecanicamente (por exemplo a peça ser forjada), para que seja possível obter as dimensões finais.

Normalmente opta-se pelo processo de fabrico por fundição quando se pretende fazer um grande numero de peças iguais, investindo num molde para depois fazer uma produção em massa.

Fundição por cera perdida ou microfusão

A fundição por cera perdida (ou microfusão) uma técnica de fundição e pode ser considerada uma arte milenar. Apesar de ser uma técnica muito antiga, tem sofrido uma grande evolução e foi muito aperfeiçoada, especialmente desde a revolução industrial.

Vantagens da utilização da técnica de fundição por cera perdida (ou microfusão)

Fundição por cera perdida (ou microfusão)é uma das técnicas mais confiáveis e eficazes de todos os métodos de fabrico de jóias. Útilizando o método de fundição por cera perdida torna as jóias mais baratas e economicamente mais acessíveis ao público em geral.

A técnica de fundição por cera perdida (ou microfusão), permite a reprodução de qualquer peça, modelando um protótipo e reproduzindo-o originalmente em cera e depois poderá ser fielmente transmutado em metal através do processo de fundição. O processo de fundição por cera perdida é um método usado ainda hoje para determinadas peças de diversos ramos da indústria, restaurações dentárias, jóias e esculturas, etc.

Procedimentos básicos da fundição por cera perdida com utilização de moldes de silicone

Fundição por cera perdida passo a passo

Para que se possa iniciar todo o processo de fundição por cera perdida, é necessário ter em conta alguns procedimentos básicos específicos essenciais, que requerem um equipamento, materiais e formação especializada para que seja possível a reprodução de objectos de metal, ou jóias com o máximo de qualidade.

  1. Realização de protótipo em metal
  2. Realização dos moldes em borracha vulcanizada
  3. Injecção de cera no molde
  4. Anel em cera
  5. Árvore de cera
  6. Inserir a árvore de cera no cilindro
  7. Envolver o cilindro com fita adesiva
  8. Deitar gesso no cilindro
  9. Extrair a cera derretida
  10. Aquecimento do cilindro num forno eléctrico
  11. Injectar o metal fundido
  12. Dissolver o gesso em água
  13. Extrair a árvore de metal
  14. E finalmente temos as peças em metal

Com a utilização dos moldes de borracha vulcanizada  (vulcanização – Vulcanizadora) torna-se possível produzir, com muita facilidade, réplicas de cera de uma jóia já finalizada.

A junção destas duas técnicas, execução de moldes e fundição por cera perdida, é possível proceder à reprodução quase fiel, criando cópias de uma jóia com custo relativamente baixo. Este é o método de produção de muitas industrias do ramo da joalharia.

Apresentação do processo completo de fundição por cera perdida, ferramentas e materiais

Fundição por cera perdida passo a passo

1. Vulcanizadora

  • Montagem do molde de borracha e respectiva vulcanização
  • Injectora de Cera – Injecção de cera em moldes de borracha vulcanizada para obtenção de peças a serem usadas na montagem da árvore de cera para fundição

2. Montagem da árvore em cera

  • Verificação do ângulo correcto para as peças, comprimento do gito, distância entre a peça e o caule, altura total da árvore
  • Pesagem
  • Encaixe do tubo de metal
  • Vedação do tubo

4. Cálculos para o preparo do revestimento

  • Espatuladora
  • Preparo do revestimento na Espatuladora
  • Injecção do revestimento no tubo
  • Cálculos de conversão da cera para liga metálica
  • Noções sobre pré-ligas

5. Descerador

  • Inserção do tubo no Descerador
  • Pesagem dos metais da liga
  • Apresentação do maçarico de oxigénio
  • Preparo do cadinho
  • Fusão dos metais para o preparo do lingote
  • Apresentação do forno elétrico e da tabela de períodos de tempo e temperatura
  • Inserção do tubo no forno eléctrico.

6. Fusão do metal para injecção no tubo

  • Injecção de metal no tubo com o equipamento a vácuo
  • Resfriamento rápido e retirada da árvore em metal.

7. Separação das peças da árvore

  • Branqueamento ou Decapagem do metal
  • Acabamentos com limas, lixas e polimento
  • Apresentação de equipamentos mecânicos para etapas de acabamento.

8. Abertura de uma borracha vulcanizada, no formato “jacaré”

  • Retirada de dúvidas gerais.

Este é o resumo de todo o processo de fundição por cera perdida, estes são procedimentos básicos essências para que seja possível obter peças com qualidade.

Nos dias de hoje a fundição por cera perdida, está muito associada à escultura em cera, e posteriormente adquiriu uma extrema importância na produção de jóias com um design único ou protótipos para a industria.

Bookmark the permalink.

One Comment

  1. Adorei. Muito bom. Obrigada. Gostava de aprender esta técnica tão interessante e ancestral

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *