Como forjar, a Forja em metal

A técnica de forja (forjar metal) é muito antiga e pensa-se ser uma das primeiras técnicas utilizadas para conseguir dar forma ao metal no fabrico de jóias.

Na antiguidade quando depois de feita a fundição do metal de forma rudimentar, depois da criação do lingote, era necessário transformar o lingote em chapa ou fio, assim por não existirem, na época outras técnicas, era utilizada a forja.

Forjar metal, Forja, Pendente, cobre, latão, prata, ouro

A técnica da forja foi originalmente utilizada pelos ferreiros e só apenas posteriormente foi adaptada ao universo da joalharia.

Quando se aprende a forjar, aprende-se que a forja é uma técnica que utiliza o martelo para bater e assim deformar plasticamente o metal para adquirir diferentes tipos formas. Este é um processo pode ser feito a frio ou a quente, mas na joalharia, o trabalho a frio na forja é o mais utilizado.

Como forjar, a Forja em metal e suas características

Ao forjar, percebe-se que com as batidas do martelo é possível obter diferentes espessuras na peça, e se o metal for batido com delicadeza pode adquirir formas bastante harmoniosas, possibilitando a execução de peças de variados tamanhos.

A forja não só cria uma nova forma física no metal, mas também a técnica de forjar melhora as suas propriedades, a sua estrutura molecular é “refinada”. Isso acontece porque o tamanho dos cristais do metal forjado é reduzido devido às batidas sofridas pelo metal enquanto é forjado. O facto de o metal

Forjar passo a passo

ser sujeito a batidas e pressão, ao ser trabalhado, fica cada vez mais duro e difícil de modelar. No caso da prata e do ouro (do

cobre e latão também) deve ser recozido (submetido de novo a altas temperaturas) para voltar a “relaxar” as moléculas e o metal voltar a estar mais maleável e assim ser mais fácil de ser trabalhado.

Procedimentos da Forja em metal, como forjar

Normalmente pousa-se o metal que vai ser forjado sobre uma base metálica (aço), seja ela plana, cilíndrica ou outra. Ao bater com o martelo na zona do metal que queremos forjar, a zona onde se está a bater vai estendendo para os lados, ao mesmo tempo que irá ficando mais fina.

Forjar chapa de cobre, prata ou latão passo a passo

Em primeiro lugar, é necessário serrar a chapa de cobre, prata ou latão, com uma serra de ourives. Depois de cortar a chapa com as dimensões pretendidas, neste caso 80 mm X 10mm X 1 mm, deve-se recozer o metal para que fique maleável e assim, seja mais fácil de trabalhar. Para retirar a oxidação obtida pelo maçarico no recozimento, passar a chapa de cobre (prata, ou latão) pelo branqueamento, a fim de limpar o metal, como se pode ver na imagem a seguir.

Depois de feitos estes procedimentos de preparação, coloca-se a chapa de cobre (prata, latão ou ouro) sobre um tais (taz – base de aço) e começar a bater com o martelo nas zonas onde que quer forjar.

Forjar passo a passo

Forjar varão (fio de secção rectangular) de cobre, prata ou latão passo a passo

Os procedimentos de preparação para o processo de forja do varão, são os mesmos que foram utilizados na chapa de cobre, a diferença é que o varão é forjado com a parte do martelo com a forma esférica.

Forjar passo a passo

Saber como forjar, é importante quando se aprende as técnicas básicas de joalharia, a Forja em metal é uma técnica muito simples, no entanto pode dar origem a peças muito bonitas e originais.

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *