Manutenção de Ferramentas

Numa oficina de joalharia, existem muitas ferramentas metálicas que necessitam de muitos cuidados para se manterem limpas e sem vestígios de ferrugem ou sujidade e por isso é necessário fazer a manutenção das ferramentas regularmente. Com o tempo e utilização as ferramentas tem tendência a ganhar ferrugem, seja pela humidade, seja pelo suor do corpo, dos vapores dos ácidos utilizados no branqueamento dos metais ou das jóias.

Os próprios metais como o ferro, tem uma oxidação natural devido ao próprio contacto com o oxigénio. Especialmente as  que são pouco usadas devem sempre ter uma manutenção de ferramentas regular para evitar que enferrujem.

Limas – manutenção

As limas tem um tempo de duração muito longo se forem bem cuidadas, visto que o ouro e a prata são metais macios e não causam qualquer desgaste nas limas. As limas quando estão enferrujadas, correm o risco de ficarem inutilizadas visto que perdem o seu grau total de abrasividade, no entanto se não for um caso extremo pode ser recuperada e voltar a ter utilidade por muito tempo.

Limpeza das limas – manutenção de ferramentas

As limas devem em primeiro lugar ser completamente limpas de todos os residuos metalicos, de lixa e outros elementos que se mantenham grudados nos dentes das limas. Com uma escova metalica, de latão por exemplo, deve-se esfregar toda a superfície da lima.

Limpeza das limas, manutenção de ferramentasDepois de libertar todos os resíduos, faz-se sumo de limão e coloca-se num recipiente plástico que possa ser deitado para o lixo posteriormente. Depois de encher o recipiente (embalagens de produtos de limpeza por exemplo), mergulhar as limas e outras ferramentas enferrujadas, deixando por 24 horas, ou o tempo suficiente para que todos os resíduos de ferrugem possam ter sido removidos. Este tipo de manutenção de ferramentas funciona na perfeição e é muito acessível a qualquer pessoa.

Depois de retiradas as ferramentas do sumo de limão, passam-se as ferramentas por água corrente, e com a ajuda de uma escova das unhas ou dos dentes e detergente, passa-se no sentido de corte das limas. Depois de todos estes procedimentos de manutenção de ferramentas, deve-se secar bem as ferramentas com um pano seco e deixar ao sol sobre folhas de jornal, até secar totalmente.

Depois de feita a manutenção das ferramentas deve-se passar um óleo, seja liquido ou em spray para evitar que voltem a enferrujar.

Outra forma de manutenção de ferramentas

Para ferramentas com superficies lisas, como taz (tais), embutideiras, embutidores, cinzéis, cilindros do laminador, adrastas (triblet), martelos, etc pode-se utilizar também o método de lixa, lixando as superfícies com lixas de água usadas, quase sem grau de abrasividade. Lixar as superfícies metálicas até ficarem completamente limpas. Depois, passar de igual modo um óleo para manter as ferramentas lubrificadas e protegidas.

Depois de fazer todas estas operações de manutenção de ferramentas, deve-se lavar bem as mãos, especialmente depois de expremer os limões, porque a pele com o ácido do limão em exposição ao sol poderá causar queimaduras de pele sérias.

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *