Anel de prata ou ouro repuxado (repuxo)

Antes de abordar a técnica especifica de anel de prata ou ouro repuxado (repuxo) vamos entender claramente em que consiste esta técnica de repuxado (repuxo).

Repuxado ou Repuxo – É uma técnica utilizada em joalharia para criar volumes, relevos e texturas numa chapa metal (prata, ouro, cobre ou latão) formando diversos desenhos em 3D. A técnica de repuxado ou repuxo consiste na utilização de ferramentas de aço como embutidores e cinzeis para bater no verso da chapa de metal (e também para corrigir as imagens e volumes, se pode utilizar cinzeis e embutidores na frente da chapa). Esta técnica tem auxilio de um martelo de cinzelagem e outras ferramentas e materiais que vamos ver a seguir.

COMPRAR LIVRO sobre REPUXADO

.

Fazer um anel de prata ou ouro repuxado (em repuxo) é um exercício prático de aprendizagem comum nas escolas de joalharia. O anel repuxado (repuxo) é um exercício trabalhoso e para facilitar a sua aprendizagem é apresentado a seguir passo a passo, com imagens pormenorizadas de cada procedimento de construção.

A realização de um anel repuxado (em repuxo) requer o conhecimento básico de algumas ferramentas específicas e de alguns procedimentos técnicos que facilitam todo o trabalho.

Ferramentas utilizadas para fazer Anel de prata ou ouro repuxado (repuxo) passo a passo

Para iniciar o processo de fabrico de anel de prata ou ouro repuxado (repuxo), é necessário ter uma noção básica de quais as ferramentas a utilizar durante todos os procedimentos.

Ferramentas para fazer anel de prata ou ouro repuxado (repuxo)

Na imagem vemos as ferramentas que vamos utilizar na construção de anel de prata repuxado. Estas ferramentas são facilmente adquiridas em lojas que vendem ferramentas para fabrico de jóias. No caso dos cinzeis, ha muitos ourives que fabricam os seus próprios cinzeis de acordo com as exigências dos trabalhos que pretendem realizar. Os cinzeis disponíveis nas lojas de especialidade são muito limitados em termos de formas.

  1. Embutidores com diferentes diâmetros
  2. Breu ou pez, base para bater o anel repuxado (repuxo)
  3. Maçarico de soldar
  4. Martelo de cinzelar
  5. Riscador (ponta seca)
  6. Serra de ourives

Depois de Preparadas as ferramentas e materiais necessários, pode-se começar a preparar a chapa de prata ou ouro para fazer o repuxado.

Anel de prata ou ouro repuxado (em repuxo) passo a passo

O anel de prata poderá ser feito em prata 950 (liga  – 95% prata, 5% cobre) no entanto quem não tiver possibilidade de fundir a sua própria prata pode fazer em prata de lei (925), no entanto tem de fazer o recozimento da chapa de prata

Anel de prata ou ouro repuxado passo a passo

muito frequentemente para que ela se mantenha maleável e fácil de trabalhar.

Para iniciar a realização de anel de prata ou ouro repuxado (repuxo), é necessário em primeiro lugar reunir todos os materiais necessários, como a chapa de prata ou ouro. E também importante, é desenhar numa folha de cartolina a forma do anel para ser desenhado na chapa.

  1. Desenhar a forma da chapa base para fazer o anel de prata ou ouro repuxado (repuxo)
  2. Com um riscador (ponta-seca) desenhar o contorno do anel numa chapa de 75mm X15 mm X 1mm
  3. Retirar a cartolina
  4. Serrar a chapa de prata ou ouro com a forma base do anel para repuxar, fazer acabamentos com limas nas extremidades da chapa que estiverem demasiado irregulares
  5. Recozer a chapa para começar a fazer o repuxado (repuxo)

Esta é a primeira fase de execução de anel de prata ou ouro repuxado, a preparação da chapa para iniciar a técnica de repuxado sobre a chapa para depois se poder começar a bater com os embutidores.

Repuxado (repuxo) passo a passo

Depois de preparada a chapa, é necessário ter uma base, onde se possa bater a chapa de prata ou ouro para fazer o anel repuxado (repuxo). Essa base pode ser Breu ou Pez, no entanto quem não tem a possibilidade de adquirir ou fazer a massa de Breu, também pode utilizar uma placa de chumbo. No entanto é preciso ter muita ATENÇÃO, porque o metal não pode tocar

Repuxado (repuxo) passo a passo

directamente no chumbo, sendo necessário utilizar entre a chapa e o chumbo, uma pequena folha de papel (sempre que faça um rasgo pequeno que seja tem de se mudar a folha de papel). Há também artistas que utilizam cepos de madeira macia, com concavidades, para este fim.

  1. Colocar a chapa de prata ou ouro sobre a base (breu ou pez, chumbo com folha de papel no tipo, ou cepo de madeira).
  2. Escolher o embutidor adequado à superfície que se quer repuxar. fazer o recozimento com regularidade.
  3. Ir alterando os embutidores e batendo, para a chapa de prata ir ficando com volume cilíndrico e boleado.
  4. Ha medida que se vai batendo com os embutidores e auxilio do martelo de cinzelar, a chapa irá ficar cada vez mais cilindrica e em forma de aro, fazer o recozimento com regularidade.
  5. Ir sempre repuxando o anel de prata ou ouro, com embutidores cada vez mais pequenos, tentar fazer o repuxado o mais homogéneo possivel, sem que se notem altos separados, mas sim um volume homogéneo ao longo da chapa.
  6. Depois de o anel estar quase com a sua forma final, tentar ir batendo apenas para deixar a superfície o mais regular possível.
  7. Para ajudar a fazer melhor o processo de regularização da superfície do anel de prata ou ouro repuxado, pode-se prender um embutidor num torno de bancada. Com a bola do embutidor presa e voltada para cima, colocar o interior do anel bem posicionado sobre o embutidor, e com o martelo ir dando pancadinhas muito suaves. Rodando o anel para que a superfície fique o mais homogénea possível.
  8. Ir unindo as extremidades do anel, o mais possível.
  9. Se as extremidades do anel de prata estiverem muito separadas, utilizar a serra de ourives para cortar as partes irregulares. Depois com uma lima de calado paralela, limar até ficarem bem unidas. Depois de estarem bem unidas, soldar com solda de prata (ou ouro se for o caso) e colocar no branqueamento para limpar os residuos da soldadura (oxidação e tincal). Limar o interior do anel com uma lima murça para criar uma faceta de apoio para as “batas” (virolas de fio quadrado – aros cilindricos de fio quadrado).
  10. A etapa final é a realização de duas virolas (batas) em prata (processo igual ao do anel de prata mas com fio quadrado) para colocar nas beiras laterais do anel de prata ou ouro e coloca-las nas extremidades, ajusta-las e soldar com solda de prata.

Depois de finalizado o Anel de prata ou ouro repuxado (repuxo), é necessário fazer os acabamentos, Limar, lixar e polir para que o anel fique perfeito.

Bookmark the permalink.

One Comment

  1. muito bem descrita a orientação para o passso-a-passo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *