Fechos de colar, fecho de palheta passo a passo

No fabrico de jóias, há inúmeras possibilidades de fechos. Especialmente os colares e gargantilhas, são muitas vezes peças elaboradas que requerem tipos de fechos especiais que lhes confiram algum glamour. Existem diferentes tipos de fechos para colares, e dentro dos diferentes tipos, os fechos de palheta são os que mais dão requinte a colares de pérolas, ou outros tipos de colares em joalharia.

Os fechos de colar, especificamente o fecho de palheta são constituídos duas partes, uma espécie de construção oca, onde irá encaixar uma palheta em forma de V que entra na estrutura oca e encaixa sob pressão e prende. A estrutura oca é feita de prata normal 925, enquanto que a palheta convém ser feita de uma prata rija para exercer o efeito de mola e o manter mesmo depois de ser submetida ao calor do maçarico no processo de fabrico das partes do fecho de palheta.

Ferramentas para o fabrico de fechos de colar, fecho de palheta

Antes de mais é necessário preparar a bancada de trabalho com todas as ferramentas e materiais necessários para fazer o fecho de palheta.

Ferramentas para fecho de palheta

  1. Armação de serra de ourives e respectivas serras
  2. Alicate de pontas chatas
  3. Compasso de aço para riscar as medidas nas chapas
  4. Maçarico para soldar
  5. Limas de calado, paralela, quadrada e redonda
  6. Broca de 1mm
  7. Dremel ou motor de suspensão
  8. Chapas de prata ou ouro

Fecho de palheta passo a passo

Fechos de palheta

Fecho de palheta fechado
Fecho de palheta com a palheta no exterior
Palheta individualmente

Processo de fabrico da caixa do fecho de palheta passo a passo

fechos, fecho de palheta para colares

Para iniciar o processo de fabrico é necessário ter as chapas preparadas, a construção oca para o fecho de palheta necessita de uma chapa de prata 925 (ou ouro) com as dimensões 30mm X 10mm X 0,6mm.

  1. Serrar alinhar a chapa de prata com 30mm X 10mm X 0,6mm
  2. Com o compasso de aço, fazer as marcações das medidas no comprimento da chapa, respectivamente 5mm – 10mm – 5mm – 10mm, como se pode ver na imagem.
  3. Com uma lima de calado quadrada, fazer uma ranhura no alinhamento de cada uma linhas de marcação feitas. As ranhuras são em forma de V, feitas com uma das “quinas” da lima quadrada.
  4. Depois de feitas as 3 ranhuras e limar as extremidades também com ângulo de 45º, recozer a chapa para dobrar e fazer a caixa sem partir a chapa nos ângulos. Com um alicate de pontas chatas colocado no alinhamento bem junto de cada uma das ranhuras, dobrar as quatro paredes da chapa para formar uma caixa.

Depois de dobrada a estrutura que serve para fazer a caixa do fecho de palheta, é necessário soldar a estrutura com solda de prata e também colocar solda de prata em cada uma das outras três ranhuras onde foi dobrada a chapa. Depois de feita esta estrutura é preciso, em primeiro lugar, fechar uma das entradas da “caixa”.

Segunda parte na construção da “caixa” do fecho de palheta

Fechos de palheta para colares e pulseiras

  1. Estrutura da “caixa” já soldada
  2. Colocar uma chapa em uma das extremidades (a chapa para tapar pode ser maior que a face, depois pode ser serrada com a serra de ourives)
  3. soldar com solda de prata a chapa de prata (por no branqueamento para limpar)
  4. Desenhar um T com as medidas 8mm (topo do T) X 4mm (altura total do T) X 4mm (largura base do T). Este T é centrado no centro da faceta da caixa. Fazer um furo com uma broca no motor dremel ou motor de suspensão no centro do T
  5. Colocar a serra dentro do furo, prender a serra na armação de serra e serrar o T no interior da linha de marcação, serrar o interior sem tocar na linha.
  6. Com uma lima paralela, limar as irregularidades criadas pela serra. Utilizar a linha de limitação do T como referência para alinhas a forma do T
  7. Depois de todos estes procedimentos, pode-se então fechar a outra extremidade da “caixa”. Colocar uma chapa de prata (ou ouro, pode ser maior e depois com a serra alinha-se) e soldar com solda de prata, tal como se fez com a faceta oposta
  8. Caixa depois de soldada e com o T recortado, deve-se fazer acabamentos com limas, retirar excessos de solda e lixas de água para que a caixa fique com um aspecto limpo e completamente liso

Falta agora fazer a palheta que serve de mola para o fecho de palheta. vamos a seguir ver todos os procedimentos para fazer a palheta do fecho.

Fazer Palheta para encaixar no fecho de palheta

Para que a caixa sirva de fecho necessita de uma palheta, que funciona como uma mola que entra e encaixa no interior da

caixa funcionando como fecho travão do fecho de palheta. A palheta necessita de chapa de prata rija (prata 835).

Fecho de palheta para colares e punseiras

  1. Recozer a chapa de prata 835 com as dimensões 8mmX 20mm X 0,4mm (espessura)
  2. Com o alicate de pontas chatas dobrar a chapa a meio, em forma de V
  3. Dobrar vincando bem o ângulo. Ter atenção para a chapa não partir, visto que a prata 835 é rija
  4. Fazer um pequeno travão em fio quadrado de prata 925, com 4mm X 2mm x 2mm. Soldar o fio de prata com solda de prata na extremidade superior da palheta
  5. Marcar para a outra extremidade, o alinhamento do travão e com um fio de prata 925 rectangular de 8mm X 3mm X 1mm. Soldar este fio de prata na parte inferior alinhado com a marcação do travão de cima. Serrar a chapa excedente que se segue a este fio rectangular colocado na parte inferior da palheta
  6. Com uma lima redonda fazer umas ranhuras no travão de cima
  7. Serrar as partes da palheta de lado do travão de cima
  8. Fazer uma marcação na palheta, a seguir ao travão de cima, com a espessura da “caixa” do fecho (feita anteriormente – 0,6mm)
  9. Com uma lima paralela (ou quadrada) limar um pouco em toda a extensão lateral da palheta um pequeno sulco, que irá encaixar com pressão na parede superior do T da caixa, fazendo que a palheta se fixe.

Fecho de palheta para colares e pulseiras

Depois da “caixa” e da palheta finalizados, soldam-se duas argolas pequenas na palheta e duas argolas na parte posterior da “caixa”. Estas argolas servem para prender o colar ao fecho de palheta.

Este é um dos processos de fabrico de fechos de colar, existem outros tipos de fechos de palheta, uns com efeitos decorativos, outros mais simples.

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *