Patinas/oxidação, patina para metais como a prata

A exposição de alguns metais a determinados elementos químicos, causa alterações na superfície do metal. As Patinas/oxidação para metais é um composto químico que se forma na superfície de um metal devido ao contacto desse mesmo metal com produtos químicos.

Existem diferentes tipos de patinas adequadas aos diversos tipos de metais. Cada metal reage de uma forma diferente a determinados elementos químicos.

As patinas/oxidações para metais podem apenas escurecer o metal, ou conferir cor e/ou até corroer o metal dando textura e cor ao mesmo tempo. No caso do uso em joalharia a patina/oxidação de peças, de um modo geral, é sensível ao

Anel de prata e ouro oxidado

uso, podendo sair com facilidade se não levarem qualquer tipo de protecção. Normalmente utilizam-se as patinas/oxidações em zonas das peças que estejam menos expostas a atritos.

Existem centenas de receitas que podem ser utilizadas como patinas/oxidações de superfícies metálicas, muitas delas tem produtos químicos básicos em comum, no entanto utilizados de formas diferentes. Por exemplo patina/oxidação de prata

utiliza muitas vezes o componente de enxofre, que é utilizado para criar uma película negra superficial à prata.

FÍGADO DE ENXOFRE (oxidante/patina de prata)

Figado de enxofreUma das patinas/oxidações mais utilizadas no escurecimento da prata é o fígado de enxofre, que é um composto de potássio e enxofre usado para o escurecimento de prata, cobre e bronze. No entanto, apesar de ser denominada como uma oxidação/patina da prata, o fígado de enxofre tem apenas uma reacção superficial da prata criando uma leve película de tons de cinza escuro e preto.

Vendem-se nas lojas de especialidade (materiais para fabrico de jóias) produtos específicos com derivados de fígado de enxofre, um liquido que ao entrar em contacto com a prata escurece de imediato a sua superfície. Esta patina/odidação da prata pode ser aquecido a baixa temperatura. Lembrar que as

Oxidação de prata, patinas

superfícies a oxidar tem de estar completamente limpas (no branqueamento ou em amoníaco para desengordurar e parras por água sem tocar depois com os dedos) e desengorduradas, caso contrário ficam completamente manchadas devido àgordura dos dedos. Este produto deve ser guardado em ambiente escuro para se manter com as suas propriedades intactas.

No entanto pode-se adquirir o fígado de enxofre em uma espécie de blocos, depois será desfeito em pequenas pedras e aquecido num recipiente de pirex juntamente com água.

Se pretender obter um tom preto azulado lustroso ou um cinza aço na prata, ou um preto arroxeado no cobre, deve-se mergulhar a peça na solução e enxaguar varias vezes escovando com uma escova fina de bronze embebida com água e sabão.

Patina/Oxidação em superfície com jacto de areia/vidro

Dar jacto de vidro ou areia antes de mergular a peça na solução pode também ter um resultado interessante, deve-se sempre evitar tocar a superfície do metal antes de oxidar/patinar, visto que a gordura das mãos pode influenciar negativamente na obtenção de uma cor uniforme por toda a superfície. O uso da escova de bronze embebida com água e sabão também

Solução de Figado de enxofre

contribui para um resultado razoavelmente mais durável.

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *